Radiotelefonia

O VHF – Very High Frequency

O chamado VHF é um emissor-receptor de FM que funciona em freqüências altas. É também conhecido por radiotelefone e é instalado a bordo das embarcações para a segurança das mesmas e dos seus tripulantes, podendo ajudar em operações de salvamento. O rádio VHF é o mais utilizado em navegação costeira e o seu alcance pode ir até 25 milhas, dependendo da potência do aparelho e das condições atmosféricas. O comandante da embarcação é sempre responsável pelas comunicações mesmo que não seja certificado como radiotelefonista.

No mar e sempre durante a navegação, o radiotelefone ou VHF deverá estar permanentemente em escuta no canal 16 (canal de emergência) que só poderá ser utilizado para chamadas de socorro, urgência e segurança. Este canal não poderá ser usado para efetuar chamadas comuns para outras estações. O usuário deverá indicar outro canal para trabalho e deixar livre aquele canal de emergência. Não é permitida a utilização do VHF sem autorização, assim como a utilização de sinais ou códigos que não sejam os pré-definidos na Lei.

topo

A instalação do Radiotelefone

    O radiotelefone deverá ser instalado junto do local de governo da embarcação, ou se tal não for possível, junto da messa de navegação. Sempre num local protegido da água.
    A bateria, que deve ser esclusiva para o radiotelefone, deverá estar situada de forma a que esteja acima da linha de água.
    A instalação da bateria deve estar protegida com um corta-circuitos e inversão de corrente.
    A antena deve ser coloca o mais alto possível.
    Deverá existir um extintor junto do radiotelefone

topo

Antes de iniciar uma comunicação

    Verificar qual o canal de escuta e de trabalho da estação que vai chamar.
    Ter uma ideia do que vai dizer (preparar a mensagem).
    Se possível, utilizar uma pot^encia reduzida
    Não comece a comunicação antes de verificar que não está outra em curso

topo

Não é permitido

    o uso do radiotelfone sem ser autorizado
    O uso de sinais ou códigos que não sejam aqueles que estão establecidos, assim como emitir música ou assobios.
    O uso de expressões ou palavras ofensivas contrárias aos bons costumes.
    O uso do radiotelefone para fins que não sejam aqueles que estão establecidos

topo

Comunicações de Socorro, Urgência e Segurança

Como já sabemos, a segurança, é a principal razão pela qual se instala um equipamento de radiotelefonia

Existem três tipos de comunicações de emergência:

    1.- Comunicações de Socorro (MAYDAY)
    2.- Comunicações de Urgência (PANEPANE)
    3.- Comunicações de Segurança (SECURITÉ)

Estas comunicações têm prioridade sobre todas as outras. A de socorro sobre a de urgência, esta sobre a de segurança.

Comunicações de Socorro

Uma comunicação de socorro em radiotelfonia só deve ser feita quando um tripulante ou a embarcação se encontram sob ameaça de um perigo grave e iminente, e é necessária ajuda imediata

A chamada de segurança é feita em canal 16, com potência máxima.

A chamada de Socorro é feita ao pronunciar a palavra “Mayday” ou “Mêdê” três vezes

Exemplo de uma chamada de Socorro:


     Mêdê Mêdê Mêdê
     Aqui
     Três vezes o nome da embarcação, e/ou o seu indicativo de chamada
     Mêdê
     Aqui
     O nome da embarcação (um só vez), e/ou o seu indicativo de chamada
     A sua posição
     O tipo de emergência ou perigo
     O tipo de auxilio de que necessita
     O número de tripulantes, e o seu estado
     Qualquer outra informação (breve) que julgue ser importante
     Escuto

Exemplo de uma resposta a um pedido de socorro:


     Mêdê
     Três vezes o nome da embarcação que iniciou a chamada
     Aqui
     Três vezes o nome da embarcação
     Recebido Mêdê
     Informação da posição e tempo previsto para chegar ao local
     Escuto

A embarcação que iniciou o pedido de Socorro deverá responder:


     Mêdê
     Nome da embarcação (um só vez) que respondeu ao pedido de socorro
     Aqui
     Nome da embarcação (um só vez) que iniciou o pedido
     Recebido fico à escuta em canal 16
     Terminado

Outras expressões utilizadas nas comunicações de Socorro

Silence Mêdê
A estação que pediu socorro, ou a que ouviu, pode impor silêncio a qualquer outra dizemdo: Silence Mêdê.

Mêdê Rêlê
Qualquer embarcação que ouvir a mensagem de socorro, e por qualquer motivo não tiver condições para socorrer, pode, em nome da embarcação sinistrada, fazer uma chamada de socorro usando as palavras: Mêdê Rêlê dando todas as informações sobre a embarcação em perigo.

Silence Fini
Logo que tenha acabado as comunicações de socorro, a estação que orientou as comunicações deverá fazer uma chamada geral informando do sucedido usando as palavras Silence Fini.

Comunicações de Urgência

A comunicação de urgência deve ser efectuada quando a chamada se destinar a ter um apoio urgente relativo à segurança de tripulantes ou da embarcação.

A chamada de segurança é feita em canal 16, com potência máxima.

A chamada de Urgência é feita ao pronunciar a palavra “PanPan” três vezes

Exemplo de uma chamada de Urgência:


     PanPan PanPan PanPan
     Chamada Geral (3 vezes) ou nome da estação chamada (3vezes)
     Aqui
     Três vezes o nome da embarcação, e/ou o seu indicativo de chamada
     A sua posição
     O tipo de emergência ou perigo
     O tipo de auxilio de que necessita
     Escuto

Comunicações de Segurança

A comunicação de segurança deverá ser utilizada para transmitir avisos importantes para a segurança da navegação, ou avisos meteorológicos.

A chamada de segurança é feita em canal 16, com potência máxima, e a respectiva mensagem é passada a um canal de trabalho.

A chamada de Segurança é feita ao pronunciar a palavra “Sêcuritê” três vezes

topo

Expressões mais utilizadas na Radiotelefonia

Expressão Significado
ACUSE A RECEPÇÃO Indique de recebeu e compreendeu a mensagem.
ACUSE REPETINDO Transmita de de ESCUTO, totalmente, e exctamente como recebeu a minha transmissão.
AFIRMATIVO Sim ou Autorização concedida.
ALGARISMOS Seguem-se algarismos ou números.
ALTO O seu sinal é forte
AQUI Esta transmissãoé feita pela estação cujo indicativo segue imediatamente.
CLARO A sua transmissão está compreensivél.
COM INTERFERÊNCIA Tenho dificuldade em compreender a sua transmissão devido a interferência.
COMPREENDIDO Recebida complectamente a sua última transmissão.
CONTINUE Continue a transmissão da sua mensagem.
CORRECÇÃO Cometi um erro nesta transmissão (ou mensagem indicada). O texto correcto é…
CORRECTO Está correcto, ou, o que acaba de transmitir está correcto.
DISTORCIDO Tenho dificuldade com a compreensão.
ERRADO A sua última transmisão estava errada.
ESCUTO A minha transmissão acabou e espero a sua resposta.
ESPERE Tenho de fazer uma pausa de alguns segundos.
ESPERE TERMINADO sou obrigado a fazer uma pausa de mais do que alguns segundos.
ESTAÇÃO DESCONHECIDA A identidade da estação com que estou a tentar establecer comunicações é desconhecida.
EU ACUSO REPETINDO O que se segue é a minha resposta às suas instruções para acusar repetindo.
EU SOLETRO Vou soletrar a palavra seguinte foneticamente.
EU VERIFICO O que se segue foi verificado a seu pedido e é repetido.
FALE DEVAGAR Está a transmitir demasiado depressa. Reduza a velocidade de transmissão.
FRACO Ouço-o com dificuldade.
LEGÍVEL Boa qualidade. Não tenho dificuldade com a compreensão.
MÊDÊ (Mayday) Sinal de socorro.
MÊDÊ RELÊ Pedido de socorro em nome de outra embarcação.
MUITO FRACO Ouço-o com muita dificuldade
NADA OUVIDO Emprega-se quando não se recebe resposta a uma chamada.
NEGATIVO Não, ou Autorização não concedida, ou Não é exacto ou ainda Não estou de acordo.
PALAVRA ANTES DE … A palavra da mensagem a que me refiro é a que precede…
PALAVRA DEPOIS DE… A palavra da mensagem a que me refiro é a que segue a…
PALAVRAS DOBRADAS A título de pedido: a comunicação está difícil; queira transmitir cada palavra duas vezes.
PANEPANE Sinal de urgência.
PASSE A… Mude para o canal ou frequência…
PRUDANCE Indica que poderá ser recomeçado um trabalho restrito.
RECEBIDO Recebi a sua última transmissão satisfatoriamente.
RECONHEÇO As suas instruções foram recebidas, compreendidas e seram executadas.
REPITA Repita toda a sua última transmissão.
SECURITÊ Sinal se segurança.
SILENCE DÊTRESSE Silêncio! Está em curso tráfego de socorro.
SILENCE FINI Indica a cessação do tráfego de socorro e o trabalho normal pode recomeçar.
SILENCE MÊDÊ Silêncio! Cessar imediatamente todas as comunicações.
SILÊNCIO Manter o silêncio até ser dadda a ordem para retomar as comunicações.
SILÊNCIO CANCELADO Retomas as transmissões normais (o silêncio só pode ser cancelado pela estação que teve a cargo a direcção das comunicações durante o silêncio).
TERMINADO Esta transmissão terminou e não espero resposta.
TUDO ANTES DE… A parte da mensagem a que me refiro é tudo antes de…
TUDO DEPOIS DE …. A parte da mensagem a que me refiro é tudo depois de…
VERIFICAÇÃO RÁDIO Qual a minha intensidade e legibilidade (qualidade e compreensão de sinais) com que me está ouvindo?
VERIFIQUE Verifique toda a mensagem ou parte indicada e envie a versão correcta.

topo


Plano Nacional de comunicações VHF


Plano nacional de comunicações VHF


topo


 


Página modificada em: 10 Julho 2014